05/11/2019 22:50 - Atualizado em 05/11/2019 23:53 Rafael Lucas


Sessão Solene faz homenagem a defensores da cultura

Diplomas de Ordem do Mérito Cultural 'Luiz Carlos Arutin' foram entregues a Aparecida Rosa Moro Carneiro e Oscar Guilherme



 

Nesta terça, 5, a Câmara Municipal realizou a entrega dos Diplomas de Ordem do Mérito Cultural 'Luiz Carlos Arutin'. Aparecida Rosa Moro Carneiro e Oscar Guilherme receberam a homenagem. Vereadora Paula Lemos. é a autora da Lei Municipal 4.971 de 2014, que instituiu a diplomação em Barretos. O objetivo é dar reconhecimento a pessoas que incentivam e realizam trabalhos em favor da cultura na cidade.

 

VEJA O VÍDEO COMPLETO

 

Familiares, amigos e convidados estiveram presentes, além de diversos representantes da cultura do Município. Compuseram a Mesa de Autoridades, o Empresário, Sérgio Carneiro Filho; o Folião de Reis, Osvaldo Guilherme; a Presidente da Fundação Padre Gabriel, Tânia Maria Zaine de Oliveira Diamantino e o Presidente da Academia Barretense de Cultura, José Antônio Merenda. A Vereadora Paula Lemos presidiu a Sessão Solene.

 

Durante o evento, a Companhia de Folia de Reis "Nova Geração" fez uma apresentação de toada de Reis; todos os integrantes são familiares do homenageado Oscar Guilherme; filhos, sobrinhos e netos.

 

VEJA COMO FOI

 

Aparecida Rosa Moro Carneiro - nasceu em Pontal-SP. É casada há 50 anos com Sérgio Murad Carneiro, tem três filhos e seis netos. É formada em Pedagogia e Administração e foi professora por 25 anos em Barretos. Desde 1979 é empresária de sucesso reconhecido. Também realiza trabalhos voluntários, dá aulas de catequese para crianças e pertence à Academia Barretense de Cultura. A homenageada é autora do livro "A Altura do Céu" e vários contos.  

 

Oscar Guilherme - é barretense e casado com Áurea Maria de Souza Guilherme; tem cinco filhos. Já aos 8 anos de idade participava de Festas de Santos Reis, uma das mais fortes tradições folclóricas do Brasil e que une características culturais e religiosas. Com intensa devoção, desde sua infância e juventude, Oscar tornou-se Mestre de Companhia de Reis e já possui mais de 50 anos dedicados à tradição. Também teve vida circense atuando como empregado, proprietário e professor de circo. Mantém a dedicação às Folias de Santos Reis com participação de sua família.

 

Os nomes dos homenageados deste ano foram aprovados por meio do Decreto Legislativo 10/2019, após serem escolhidos por uma comissão mista composta por um vereador, um representante da Secretaria Municipal de Cultura e um representante do Conselho Municipal de Cultura.

 

A entrega do Diploma é uma referência a Luiz Carlos Arutin (1933-1996), ator barretense que se destacou no teatro e na teledramaturgia nacional nas décadas de 1970 e 1980. Formado pela Escola de Arte Dramática da USP, Arutin participou de pelo menos 4 filmes, 20 telenovelas, além de ter comandado peças de teatro por todo país. O barretense faleceu com 63 anos de idade, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.